Consulado Geral de Portugal em Luanda

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Movimento associativo

CASA DA COMUNIDADE PORTUGUESA EM ANGOLA

Casa da Comunidade Portuguesa em Angola é uma Associação criada com o objectivo de apoiar todos os Portugueses que se encontram a residir, a trabalhar ou temporariamente em Angola, e a Comunidade Angolana. Tem por objectivo promover e Incentivar acções sociais inovadoras, através da entreajuda, junto de todos os Portugueses a residir, a trabalhar ou temporariamente em Angola e a Comunidade Angolana. Esta Casa da Comunidade Portuguesa em Angola resultou da vontade comum de vários dos seus Membros, procurando diferenciar-se do que é apenas considerado como um mero Grupo de convívio.

Contactos da ACCPA

Morada: Condomínio Ginga Isabel (Junto ao GingaShopping), Rua dos Resedás, Casa Nº 23, Viana - Luanda
Telemóvel (sem número fixo de momento): +244 91 349 14 40
Emails:
geral@accpa.net (assuntos de âmbio geral)
tesouraria@accpa.net (envio de comprovativos de pagamento de quotas e pedidos de Recibos)
presidente@accpa.net (contacto institucional) 

Horário de funcionamento

Segunda a Sexta: sob marcação para geral@accpa.net

ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL 

Associação 25 de Abril, em Luanda, fundada em 1980, tem como objectivos fundamentais: "promover a convivência salutar entre os membros da comunidade portuguesa em Angola; desenvolver iniciativas que contribuam para o reforço dos laços de amizade recíproca entre o Povo Português e o Povo Angolano; exaltar e e comemorar a data histórica do dia 25 de Abril, o Dia da Liberdade." 

Contactos

Presidente: Ludgero Escoval - 927126061
Secretário: Mário Santo - 923761554
Email:ludgero.escoval2015@gmail.com

Entrou em vigor no dia 27 de setembro o Decreto-Lei nº 124/2017, que veio introduzir novas regras no processo de atribuição de apoios financeiros às ações e projetos de movimentos associativos das comunidades portuguesas no estrangeiro por parte da Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP) do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Estas alterações têm como objetivo introduzir um maior rigor e transparência na atribuição dos apoios, fomentar uma cultura de planejamento e permitir um maior escrutínio da aplicação dos recursos públicos.

Destas novas regras resultam alterações significativas no que se refere aos procedimentos a adotar, quer pela DGACCP e pelos Postos da Rede Consular Portuguesa, quer pelas entidades candidatas.

As informações, os formulários, os procedimentos, modelos de candidatura e relatórios, podem ser consultadas no Portal das Comunidades Portuguesas . Ainda no Portal das Comunidades Portuguesas acesse também à página de perguntas mais frequentes sobre o tema.

Publicações:

Material de suporte:

Para mais informação sobre formulários e modelos de candidatura e relatórios, poderão os interessados contactar o Consulado Geral de Portugal em Luanda através do email consulado.luanda@mne.pt